As pessoas com deficiência visual agora têm esse smart stick com bluetooth

Um protótipo de bengala inteligente para pessoas cegas ou com deficiência visual, isso foi proibido por um aluno da Universidade Rey Juan Carlos (URJC), como você pode ver no vídeo que acompanha este post. O desenvolvimento é um trabalho final do ano de Elena Calvo Marañón, e faz parte dos projetos de acessibilidade Veja com as mãos da Área de Tecnologia Eletrônica da URJC.

Sua operação é baseada na tecnologia RFID, como cartões bancários sem contato ou cartões de transporte, que permite, graças a um leitor instalado no final deste protótipo, ler as informações de uma série de etiquetas colocadas no chão de um prédio . Essas informações são filtradas por um microcontrolador incorporado na bengala e transmitidas ao telefone usando a tecnologia Bluetooth. O telefone recebe os dados, o que indica o ponto em que a pessoa está e comunica as etapas a serem seguidas por instruções por voz.